quinta-feira, 24 de maio de 2012

Resultados Votação OP Benfica




(por Alexandra Carvalho)



Foram hoje divulgados os resultados da votação no Orçamento Participativo (OP) de Benfica, tendo ficado apurados 7 projectos, conforme consta na imagem abaixo.




Direitos de autor da imagem: Junta de Freguesia de Benfica (2012)



De acordo com a informação veiculada pela Junta de Freguesia, votaram neste OP apenas 244 pessoas.

Infelizmente, é bem conhecida a falta de participação em geral do povo português!...
Considero de louvar iniciativas como esta que a Junta de Freguesia lançou, apelando à participação das pessoas...
Embora, também, me pareça que a mesma deveria ter sido melhor divulgada, sobretudo, no que diz respeito à sua votação - coisa que me parece que, neste caso em particular, não sucedeu (nem na página do Facebook da Junta de Freguesia isso foi feito, nem tão pouco através de mailing nas caixas de correio dos moradores)... o que terá, também, certamente, contribuído para a pouca participação neste Orçamento (que se pretendia) Participativo.
Na verdade, essa informação apenas foi veiculada por 3 grupos de cidadãos que se organizaram nesse sentido para divulgar a votação que estava a acontecer: o Blogue Bairro da Boavista, o Retalhos de Bem-Fica e os moradores da Calçada do Tojal.

Numa primeira fase, o documento com os resultados totais da votação, que fora inicialmente colocado no website da Junta, apresentava como 7º vencedor o projecto nº 21 apenas com um voto (quando existia outro projecto, o nº 25 com 6 votos e o mesmo montante).
Segundo me esclareceu a equipa do OP por email, e passo a citar "(...) Os valores da votação entre os projectos 25 e 26 estavam trocado. O projecto 25 não teve qualquer voto e os 6 votos eram sim do projecto 26. Daí o único projecto de 500 euros com votos foi o projecto 21." Ou seja, basicamente, houve uma troca nos resultados dos votos do projecto 25 e do 26, tendo os resultados sido, posteriormente, republicados.
Errar é humano, logicamente! E quem é que nunca errou? O que a mim, pessoalmente, me parece grave é que não se tenha tido o cuidado de rever bem os dados da votação antes de se tornar públicos os seus resultados; o que poderá induzir muita gente a pensar se não terá havido mais lapsos.

Aproveitamos para apresentar aqui os nossos sinceros parabéns pelos projectos aprovados em OP, e, sobretudo, pelo trabalho de sensibilização e divulgação que fizeram no sentido da aprovação dos mesmos (nomeadamente aos moradores do Bairro da Boavista e aos moradores da Calçada do Tojal)!

quarta-feira, 23 de maio de 2012

As Vilas vão, finalmente, ter passeio!...




(por Alexandra Carvalho)


Cópia do e-mail remetido hoje ao Vereador Manuel Salgado, com conhecimento do Senhor Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Vereadores da CML e deputados da Assembleia Municipal de Lisboa


****


Exmo. Senhor Vereador Manuel Salgado,

No seguimento do nosso ofício remetido a 02/05/11 ao Vosso Gabinete (o qual havia, anteriormente, antes da reestruturação da CML, sido enviado, a 10/03/11, ao Gabinete do Senhor Vereador Fernando Nunes da Silva), assim como da informação que vos remetemos a 02/02/12, no seguimento da Reunião pública descentralizada da Câmara Municipal de Lisboa realizada em Benfica (e da nossa intervenção na mesma);

Vimos, pelo presente, apresentar os nossos mais sinceros agradecimentos por, finalmente, esta semana, a 22/05/12, a CML ter iniciado os trabalhos com vista à construção de passeio na zona lateral esquerda, que ladeia a Vila Ana, e faz confluência com a Rua Amélia Rey Colaço (local que, desde as obras de construção do novo lance de prédios nas traseiras das Vilas, ocorridas entre 2008 e 2009, deixou de ter o troço de passeio público que era suposto ali existir).



Fotografia de Alexandra Carvalho (2012)


Aproveitamos o ensejo para, mais uma vez, chamar a atenção de V. Exa. para as situações que se encontram ainda pendentes no caso da Vila Ana e Vila Ventura:

1)- Em Maio de 2010, a empresa proprietária da Vila Ana e da Vila Ventura, foi intimada pela CML à realização de obras de conservação nestes dois edifícios, património histórico da freguesia de Benfica.
Há 2 anos que esta intimação continua sem ter sido cumprida!...
Agradecíamos informação da Vossa parte sobre o que tenciona a CML fazer face a esta situação.


2)- O muro da fachada exterior da Vila Ana, que ladeia com a Rua Amélia Rey Colaço (vide fotografias em anexo) encontra-se em risco de derrocada.
O estado em que este muro se encontra poderá provocar um incidente, ruindo para a via pública e provocando danos físicos aos inúmeros transeuntes que por ali passam todos os dias, pelo que muito agradecíamos que esta situação fosse verificada pelos Vossos serviços. Aproveitamos para informar que, em Novembro de 2011, efectuámos, também, uma queixa sobre este assunto para a Polícia Municipal, tendo a mesma dirigido-se ao local apenas em Janeiro de 2012, mas não nos tendo sido dado qualquer feedback sobre este assunto (ou o mesmo sido sequer resolvido).

Sem outro assunto de momento. E, antecipadamente, grata pela atenção dispensada.



Com os melhores cumprimentos,


(Alexandra Carvalho)
Representante do Movimento de Cidadãos pela preservação da Vila Ana e da Vila Ventura



quinta-feira, 10 de maio de 2012

1º Festival da Primavera Sénior de Benfica






(por Fausto Castelhano)

video




Organizado pela Stimuli/UNISBEN (Universidade Intergeracional de Benfica) e a colaboração da Junta de Freguesia de Benfica realizou-se, no passado dia 28 de Abril de 2008, o 1º Festival da Primavera Sénior de Benfica.

Devido às condições atmosféricas algo desfavoráveis, a excelente iniciativa, inicialmente prevista para o espaço arborizado da antiga Quinta das Palmeiras ou Mata do Galla (vulgo, o “Eucaliptal”), acabou por ser transferida para o Pavilhão da Escola Secundária José Gomes Ferreira onde se desenrolou todo o programa, tal como estava estabelecido. Pelos mesmos motivos, a “caminhada sénior”, projectada entre a Junta de Freguesia de Benfica e a Quinta das Palmeiras (“Eucaliptal”), seria anulada.  

Assim, às 11.30 horas, com acompanhamento musical e sob a orientação cuidada do Prof. António Pereira, exibiu-se a Classe de Ginástica da UNISBEN onde os seus elementos mostraram o grau de apuro alcançado nos vários exercícios rítmicos.

Logo a seguir, às 12.30 horas, teve lugar o almoço partilhado, tal como fora previamente determinado.

Às 15.00 horas teve início a tarde musical. Perante uma boa afluência de público, exibiu-se o Grupo Coral da UNISBEN ensaiado pela maestrina Olga Patchenko. Sob o agrado geral, interpretaram os seguintes temas:

Olhos Negros
Ilhas de Bruma
The lion sleeps tonight
Venham mais cinco (José Afonso)
Canticorum lubilo (Handel)


Às 15.30 horas e primorosamente orientados pelo Prof. José Barata, foi a vez do excelente Grupo de Cavaquinhos da CUTLA (Clube Universitário Tempos Livres da Amadora) deixar uma pequena amostra da excelência do trabalho desenvolvido ao longo de alguns anos. Apresentaram-se com um repertório dedicado à música tradicional portuguesa:

Camélias (popular)
Manhã Fresca (cantar alentejano)   
A Rolinha (popular)
Vai-te Embora António (Beira Litoral)
Tema Musical Minhoto (arranjo para grupo de cavaquinhos)
A Pena Do Passarinho (popular alentejano)
A Primavera (Ilha da Madeira)
O Cheiro Que A Rosa Tem (popular)

           
O Grupo de Cavaquinhos da UAS (Universidade Alcântara Sénior), sob a responsibilidade do exigente Prof. Guilherme Cancelinha, fez a sua apresentação oficial, às 16.00 horas, e brindou o público com um punhado de cantigas populares portuguesas:

Saias novas (Portalegre)
Ó minha Rosinha
Malhão de S. Simão
Real caninha
Bailinho da Madeira
Balho furado
Hino dos Cavaquinhos da UAS


Às 16.30 Horas, actuando pela primeira vez fora do Concelho de Mafra, entrou em palco a grande surpresa das festividades: a Orquestra Sinfónica de Jovens da Freguesia de Santo Isidoro (Mafra), um projecto notável onde a autarquia local e a população têm acarinhado de modo espectacular. Sob a orientação persistente, tanto do maestro João Massano Pereira, como do maestro-adjunto Nuno Canoa, a actuação dos jovens músicos foi verdadeiramente auspiciosa e a assistência, atenta e entusiasmada, não regateou fartos e merecidos aplausos.

Interpretaram as seguintes peças musicais:

Start the Engines (Nuno Canoa)
Primavera (Vivaldi)
Tchaikovsky portrait (Tchaikovsky)
Lassus Trombone (Henry Fillmore)
Hino à Alegria (Beethoven, arranjo de Nuno Canoa)


A voz estupenda de Patrícia Zorro ao cantar, de modo soberbo, a bonita e conhecida Canção do Mar (Ferrer Trindade) com acompanhamento da Orquestra Sinfónica de Jovens, encantou o público presente e suscitou fortes e prolongados aplausos. E pediu “bis”, a que a jovem artista acatou de bom grado.

A excelente perfomance da Orquesta Sinfónica de Jovens culminou com uma inédita actuação em conjunto com a Tuna Académica da UNISBEN dirigida pelo Prof. Guilherme Cancelinha e que concitou os aplausos gerais. Um verdadeiro sucesso a interpretação das três canções do repertório da Tuna com arranjos do maestro João Massano Pereira:

Meia-noite ao luar
Lisboa, linda cidade
Rapsódia


No final do espectáculo foi servido um lanche que decorreu num ambiente de franca confraternização. A organização do 1º Festival da Primavera Sénior está, sem dúvida, de parabéns. Até para o ano de 2013…






terça-feira, 8 de maio de 2012

Orçamento Participativo de Benfica: VOTAÇÃO





(por Alexandra Carvalho)




Direitos de autor da imagem: Junta de Freguesia de Benfica (2012)



No seguimento do lançamento do Orçamento Participativo de Benfica pela Junta de Freguesia de Benfica, foram seleccionadas 47 propostas, apresentadas pelos munícipes da freguesia.

Estas propostas encontram-se agora em fase de votação,
entre 8 e 17 de Maio, nos seguintes locais (clicar na imagem abaixo, para ampliar e ler):


Informação disponível no website da Junta de Freguesia de Benfica.



Existem diversas propostas interessantes a votação, das quais nos permitimos referir, entre outras, as seguintes:


Projecto
4 - Construção/recuperação de edifício ou parte, que seja propriedade da Junta
ou da CML, para ser destinado a galeria de exposições de artes plásticas, sobretudo destinada a fregueses de Benfica.

Projecto nº 9 - Trabalho em Rede nas colónias de gatos de rua da Freguesia de Benfica

Projecto nº 33 - O projecto consiste em fazer várias actividades com o objectivo de cativar o interesse
da população para a Mata de Benfica, por exemplo, feiras e mercados, noites de música, workshops de desporto e saúde, etc.


Bastará, então, que os fregueses de Benfica consultem a listagem das propostas a votação, façam a sua escolha e passem por um dos locais indicados acima, de modo a poderem efectuar o seu voto.

Cada cidadão pode votar uma única vez, podendo, no mesmo Boletim, votar até 3 projectos distintos.

Divulguem esta informação, de modo a que o Orçamento Participativo de Benfica possa, de facto, ter a participação de todos!...