quinta-feira, 10 de maio de 2012

1º Festival da Primavera Sénior de Benfica






(por Fausto Castelhano)

video




Organizado pela Stimuli/UNISBEN (Universidade Intergeracional de Benfica) e a colaboração da Junta de Freguesia de Benfica realizou-se, no passado dia 28 de Abril de 2008, o 1º Festival da Primavera Sénior de Benfica.

Devido às condições atmosféricas algo desfavoráveis, a excelente iniciativa, inicialmente prevista para o espaço arborizado da antiga Quinta das Palmeiras ou Mata do Galla (vulgo, o “Eucaliptal”), acabou por ser transferida para o Pavilhão da Escola Secundária José Gomes Ferreira onde se desenrolou todo o programa, tal como estava estabelecido. Pelos mesmos motivos, a “caminhada sénior”, projectada entre a Junta de Freguesia de Benfica e a Quinta das Palmeiras (“Eucaliptal”), seria anulada.  

Assim, às 11.30 horas, com acompanhamento musical e sob a orientação cuidada do Prof. António Pereira, exibiu-se a Classe de Ginástica da UNISBEN onde os seus elementos mostraram o grau de apuro alcançado nos vários exercícios rítmicos.

Logo a seguir, às 12.30 horas, teve lugar o almoço partilhado, tal como fora previamente determinado.

Às 15.00 horas teve início a tarde musical. Perante uma boa afluência de público, exibiu-se o Grupo Coral da UNISBEN ensaiado pela maestrina Olga Patchenko. Sob o agrado geral, interpretaram os seguintes temas:

Olhos Negros
Ilhas de Bruma
The lion sleeps tonight
Venham mais cinco (José Afonso)
Canticorum lubilo (Handel)


Às 15.30 horas e primorosamente orientados pelo Prof. José Barata, foi a vez do excelente Grupo de Cavaquinhos da CUTLA (Clube Universitário Tempos Livres da Amadora) deixar uma pequena amostra da excelência do trabalho desenvolvido ao longo de alguns anos. Apresentaram-se com um repertório dedicado à música tradicional portuguesa:

Camélias (popular)
Manhã Fresca (cantar alentejano)   
A Rolinha (popular)
Vai-te Embora António (Beira Litoral)
Tema Musical Minhoto (arranjo para grupo de cavaquinhos)
A Pena Do Passarinho (popular alentejano)
A Primavera (Ilha da Madeira)
O Cheiro Que A Rosa Tem (popular)

           
O Grupo de Cavaquinhos da UAS (Universidade Alcântara Sénior), sob a responsibilidade do exigente Prof. Guilherme Cancelinha, fez a sua apresentação oficial, às 16.00 horas, e brindou o público com um punhado de cantigas populares portuguesas:

Saias novas (Portalegre)
Ó minha Rosinha
Malhão de S. Simão
Real caninha
Bailinho da Madeira
Balho furado
Hino dos Cavaquinhos da UAS


Às 16.30 Horas, actuando pela primeira vez fora do Concelho de Mafra, entrou em palco a grande surpresa das festividades: a Orquestra Sinfónica de Jovens da Freguesia de Santo Isidoro (Mafra), um projecto notável onde a autarquia local e a população têm acarinhado de modo espectacular. Sob a orientação persistente, tanto do maestro João Massano Pereira, como do maestro-adjunto Nuno Canoa, a actuação dos jovens músicos foi verdadeiramente auspiciosa e a assistência, atenta e entusiasmada, não regateou fartos e merecidos aplausos.

Interpretaram as seguintes peças musicais:

Start the Engines (Nuno Canoa)
Primavera (Vivaldi)
Tchaikovsky portrait (Tchaikovsky)
Lassus Trombone (Henry Fillmore)
Hino à Alegria (Beethoven, arranjo de Nuno Canoa)


A voz estupenda de Patrícia Zorro ao cantar, de modo soberbo, a bonita e conhecida Canção do Mar (Ferrer Trindade) com acompanhamento da Orquestra Sinfónica de Jovens, encantou o público presente e suscitou fortes e prolongados aplausos. E pediu “bis”, a que a jovem artista acatou de bom grado.

A excelente perfomance da Orquesta Sinfónica de Jovens culminou com uma inédita actuação em conjunto com a Tuna Académica da UNISBEN dirigida pelo Prof. Guilherme Cancelinha e que concitou os aplausos gerais. Um verdadeiro sucesso a interpretação das três canções do repertório da Tuna com arranjos do maestro João Massano Pereira:

Meia-noite ao luar
Lisboa, linda cidade
Rapsódia


No final do espectáculo foi servido um lanche que decorreu num ambiente de franca confraternização. A organização do 1º Festival da Primavera Sénior está, sem dúvida, de parabéns. Até para o ano de 2013…






Sem comentários: