segunda-feira, 15 de março de 2010

Pintando Benfica com Luz (1)




O conceito de "blog comunitário" é o de um espaço colectivo de partilha, onde todos e cada um possam expor e/ou divulgar o que consideram de interesse para a prossecução dos objectivos desse mesmo grupo.

No nosso caso, o que nos une é a memória colectiva, ao longo dos tempos, da freguesia de Benfica.

Cada vez mais, o "Retalhos de Bem-Fica" se tem vindo a afirmar como um "blog comunitário" da/na/para a freguesia de Benfica, não só pela sua intervenção mais directa no que diz respeito à preservação do património histórico do nosso bairro, como também, e sobretudo, devido à adesão e participação activa que temos tido de inúmeros residentes e ex-residentes que contribuêm para aquilo em que este blog se transformou.

Nesse sentido, iniciamos hoje uma nova rubrica, a qual deriva de mais uma estreita colaboração com um residente de Benfica.



Morro onde hoje se encontra construída a Escola Superior de Comunicação Social (fim dos anos 70)
Fotografia de Mário Pires



Escola do Magistério fechada e abandonada, antes da sua recuperação (anos 80)
Fotografia de
Mário Pires



O Mário Pires começou a seguir muito recentemente o nosso blog, mas já vive em Benfica há 49 anos. Segundo as suas próprias palavras, "gosto verdadeiramente desta freguesia, que infelizmente tem uma vida cultural muito reduzida".

O Mário é fotógrafo e ofereceu ao "Retalhos de Bem-Fica" a sua preciosa colaboração... a qual, como verão, muito em breve, se vai delinear por áreas muito interessantes e com a colaboração de todos os que nos lêem (mas deixemos aqui tudo isso em suspense, para ficarem mais curiosos).



Av. Gomes Pereira - taipal que existia entre a vivenda que hoje aloja um stand de carros e os prédios do fim da rua (Cervejaria "Edmundo")
Fotografia de
Mário Pires



O palacete que ocupava o nº 544 da Estrada de Benfica junto ao cruzamento da Av. Gomes Pereira com a Av. Uruguai. Nesta fase já entaipado, foi demolido pouco depois.
Fotografia de
Mário Pires



Deixamo-vos então hoje com as primeiras fotografias do arquivo do Mário Pires, apresentando-lhe, desde já, as boas-vindas ao "Retalhos de Bem-Fica".





22 comentários:

Anónimo disse...

Pela amostra é uma aquisição de grande peso para o blogue. Parabéns Alexandra.

Obrigado e bem vindo Mário.
Luís

Anónimo disse...

Belíssimas fotos, especialmente a da Escola Normal.Parabéns, pode ser que um dia, quando a Junta de Freguesia tiver a sensibilidade para realizar uma exposição sobre Benfica, as suas fotos possam contribuir para a engrandecer. Jorge Resende

Alexa disse...

Luís: muito obrigada pelas suas palavras, mas o mérito é todo do Mário e dos que, nos últimos tempos, têm contribuído para este blog (seja com comentários, textos e/ou fotos :)
Abraço

Alexa disse...

Jorge: seja bem aparecido, Amigo!
Espero que esteja tudo a recompôr-se mais aí pela Madeira!

Eu sabia que esta foto da Escola Normal ia ser do seu agrado... e prepare-se que ainda aí vêm coisas muito melhores ;)

Esperemos, então, por essa sensibilidade da Junta de Freguesia... pois ainda haveria muito por fazer em Benfica, em termos culturais!

Abraço

Vitor disse...

Alexandra,

Parabens ao Mário pelas excelentes fotos.

A Escola Normal diz muito a quem por lá estudou,é um edifio lindíssimo e foi criminoso o tempo em que esteve abandonado.

Vitor Filipe

N. disse...

Boa tarde. Sou um recente munícipe da freguesia de Benfica e tenho seguido com atenção este excelente blogue, diria, espaço cultural.
Sou docente na Escola Superior de Educação de Lisboa e confesso que desconhecia o estado de abandono daquele, como diz e bem Vitor Filipe, edifício lindíssimo, antes das obras que ainda hoje se encontram em andamento.

Venham mais fotos desta qualidade "fantasmagórica", isto porque o edifício da escola, especialmente à noite, faz-me lembrar os corredores do hotel de "Shinning" o inigualável filme de Kubrick... Parabéns a Mário Pires por esta autêntica histórica fotográfica que parece longínqua mas não é!

Helena disse...

espectacular!!
queremos mais, mário!
;)

Mario disse...

Obrigado a todos pelas vossas palavras, infelizmente não tenho muitas fotos de arquivo de Benfica, mas espero compensar isso fotografando o que existe ainda :)

Lucia disse...

De facto, fotos muito bonitas. Parabéns ao sr. Mário!

Acho que valeria a pena fazer-se um post sobre a Escola Superior de Educação, tendo em conta a sua história e importância para a freguesia. Que acham?

N. disse...

Excelente ideia, Lúcia. A escola merece porque para além do património material que representa para a freguesia e para a cidade, o papel que tem na formação de professores é hoje reconhecido como um dos melhores do país.

Lucia disse...

Sem dúvida! E a propósito da beleza do edifício, havia uma certa "rivalidade" saudável (pelo menos na altura em que lá estudei, há alguns anos) entre a ESELx e a ESCS. Dizia-se que a ESELx estava para a ESCS como o Mosteiro dos Jerónimos estava para o Centro Cultural de Belém... Esta história ainda circula pelos corredores da ESELx, prof. N.?

Alexa disse...

N. - antes de mais, seja muito bem vindo aqui ao nosso "Retalhos".
E sinta-se à vontade, para contribuir para este nosso blog, sempre que considerar importante.

Seria, também, importante, se o N. pudesse divulgar no seu local de trabalho a nossa Luta pela Preservação da Vila Ana e da Vila Ventura.
Pode ser?

Abraço

Alexa disse...

Lúcia: a sua sugestão é óptima! Obrigada! :)

Mas existem ainda tantos locais em Benfica que faltam ser aqui referidos em mini-reportagens... e pouco tempo para tudo (já tenho agendada uma reportagem sobre o Centro Comercial das Pedralvas e ainda me falta transcrever 2 entrevistas para o "Gente de Benfica")!

Nesse sentido, sugiro que, se algum colaborador aqui do blog (Jorge Resende, Fausto Castelhano, Domingos Estanislau ou Mário Pires), ou o próprio N. (que conhecerá a Escola Superior de Educação por dentro muito melhor que todos nós), ou alguém que nos leia, tiverem disponibilidade, esmiuçem uma mini-reportagem sobre a Escola Superior de Educação de Lisboa.
Pode ser?

Não vos quero estar a dar trabalho... mas seria mesmo muito interessante :)

Abraço

Alexa disse...

Mário: está a ver como fez sucesso?! ;) Excelente contributo que ganhámos para este nosso blog :)

E não há problema quanto à falta de material no seu arquivo, pois sei que tem uma surpresa para todos nós... a qual será revelada muito em breve ;)

Abraço amigo

Mario disse...

Alexa, a transcrição de entrevistas é algo moroso, posso sugerir uma alternativa ? Transcrever apenas os pontos mais importantes e colocar a entrevista em audio.

Caro N, como docente na ESELx pode dizer se a instituição tem um arquivo de fotografias ? Posso realizar uma reportagem fotográfica sobre a mesma, mas necessitarei da autorização para fotografar os interiores.

Alexa disse...

Mário: muito obrigada pela sua sugestão! De facto, seria muito interessante colocar as entrevistas em formato audio aqui no blog (ainda que tema que, daqui a nada, já não tenhamos espaço de alojamento suficiente para tudo no Blogger).
Penso, no entanto, que apesar de se poderem colocar as entrevistas em formato audio, a sua transcrição integral é muito importante, na medida em que é uma forma de perpetuar/recolher as memórias do vivido (chame-me exigente demais, ou, talvez, seja defeito profissional do ramo da Antropologia ;)
Abraço

N. disse...

Cara Lúcia, desconhecia essa comparação, de resto muito engraçada. Eu tenho uma relação muito especial com a ESE. Ali conheci a minha mulher, também ela docente. A ESE será de resto a 'madrinha' do nosso primeiro filho que nascerá no início de Maio.

Sobre a comparação apeteceria reformular ao dizer que a Escola Superior de Educação está para a ESCS como a elegância intemporal está para a irreverência da juventude... apesar de gostar mais do Mosteiro dos Jerónimos!

Cara Alexa, é com todo o gosto, se me permitirem, que escreverei um texto sobre a Escola. Aliás, esta é uma ideia que tenho há algum tempo e talvez seja esta a oportunidade. Divulgarei com todo o gosto a causa da Ana e da Ventura (sim, a primeira vez que olhei para os edifícios imaginei as vidas passadas no interior daquelas paredes... a minha formação é História, o que explica este devaneio!). Podemos concertar a forma de fazê-lo.

Excelentíssimo Mário, não sei se a ESE tem arquivo. Curiosamente, faço parte de uma comissão criada para as comemorações dos cem anos da República e tinha pensado numa exposição. Porque não pensar numa realização do género. Falarei com algumas pessoas para saber da existência de algum espólio fotográfico e depois darei notícias. Quanto à reportagem fotográfica julgo que não haveria problema em se conseguir autorização. Até se podia pensar num trabalho patrocinado pelo Instituto Politécnico de Lisboa no âmbito do centenário da República, por que não?

Permitam-me que me apresente: Chamo-me Nuno Ferreira, professor de Ciências Sociais da ESELx.

Alexa disse...

Caro Nuno: Muito bem vindo ao "Retalhos" (novamente), agora que deixou de ser um simples N.! :)

Será que lhe posso perguntar como tomou conhecimento da existência deste blog?

Permita-me que lhe diga (e penso que posso falar em nome dos nossos restantes colaboradores) que nada nos agradaria mais do que ter um "autóctone" da ESE (ainda por cima, cuja história familiar está tão ligada à própria Escola) a realizar a reportagem sobre a mesma aqui para o "Retalhos de Bem-Fica"!

Também gostei muito das suas sugestões em relação à parte mais fotográfica no âmbito do centenário da República. Uma exposição desse tipo seria, de facto, muito interessante!
Ainda para mais se as fotos do Mário Pires se pudessem conciliar com a reportagem que o Nuno vai fazer aqui para o blog.
O que lhes parece?

Quanto à divulgação da Luta pela Vila Ana e pela Vila Ventura aí na ESE, pedia-lhe o favor de me enviar o seu e-mail para palavraseimagens@gmail.com, de modo a que lhe possa enviar toda a informação e materiais relativos a esta Causa.
Obrigada!

Um abraço amigo

Julio Amorim disse...

Muito linda a foto da minha escola...só que no edifício principal andavam as meninas, portanto....raramente lá se entrava.
Tenho muitas fotografias dos interiores (1982) enquanto o edifício esteve meio abandonado mas, infelizmente, todas em Kodachrome 64....

Mario disse...

Caro Júlio, se não tiver digitalizador e morar em Benfica, penso que o fotógrafo Carlos Vilas tem o serviço de digitaização de sides, se escolher as 10 20 melhores e levar lá, talvez não fique muito dispendioso.

Alexa disse...

Mário: infelizmente, o nosso amigo Júlio está muito longe... na Suécia.
Será que conhece lá algum contacto de um fotógrafo que também pudesse realizar esta tarefa?
Obrigada!

Mario disse...

Infelizmente não conheço :(