quinta-feira, 9 de abril de 2009

Manobras Dissuasoras




aqui tinha falado sobre ele.

Hoje, ao passar de autocarro, depois de meio dia (com tolerância) de trabalho, vislumbrei ao longe uma placa escrita à mão e colocada no portão. Resolvi sair do autocarro para ir investigar.







O facto é que este antigo palacete rústico, depois de uma série de peripécias, esteve para venda (durante largos meses, na sua fachada principal, esteve colocado um letreiro com o contacto do vendedor).

Será que, agora, os novos donos pretendem cair no caricato de instalar um sistema de videovigilância num local que se encontra há uma série de anos em degradação? Ou serão, apenas, manobras dissuasoras (e de quem)?






2 comentários:

Ruca disse...

Adorei a parte do "Privado do Estado", em oposição ao "Público do Estado". Com um papelito desses, é que dá mesmo vontade de saltar a cerca.
RK

Alexa disse...

Sem dúvida, Ruca! ;)
Mas o papel durou pouco tempo naquele portão (já desapareceu há umas largas semanas).

Bem vindo aqui ao Retalhos!

Um abraço